top of page

Clarice Lispector: a palavra e o mundo

"Numa crônica muito conhecida de Clarice Lispector, publicada em 04 de março de 1970, a escritora diz ser alguém muito ocupada. Sua ocupação era a de tomar conta do mundo. Eu me lembro da primeira vez que li essa crônica, ainda era um rapaz de cerca de 15 anos e estudante do antigo Segundo Grau. Naquela época muitas coisas me assustavam. O mundo me abismava e a aproximação ao universo da literatura era um modo de tentar entender e organizar o espanto daquilo que é vivo. A literatura de Clarice me auxiliava nesse trabalho nem um pouco fácil de entender tudo que é periclitante e fugidio por natureza. Eu me lembro de ler e reler essa crônica num livro cujo título A descoberta do mundo também me inquietava bastante. Mas o que havia nessa crônica que tanto me causava estranhamento? Acho que aquela força que atravessa outros textos de Clarice Lispector, a saber, a relação complexa, delicada e infinita das relações entre linguagem e mundo."
(Luiz Lopes - Apresentação)

Coletânea de ensaios, de vários autores, sobre obras de Clarice Lispector, organizada pelo professor Luiz Lopes, do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens do CEFET-MG.
Coleção Palavra Mundo

157 páginas
ISBN 978-65-86805-15-4

Baixar o PDF
Leitura on-line

 

Organizador: Luiz Lopes
Ilustração: Salin de Sá
Capa: Vinícius Gonzaga
Projeto gráfico: Miriã Bonifácio

bottom of page