“Vestir ou não vestir, é um ato político e cultural, pois o vestuário sempre diz algo ao nosso respeito, por carregar traços da nossa cultura, identidade, história e ideologia. Assim também ocorre com a forma de vestir dos povos Quéchua e Aymará.

As cores vibrantes e os recortes das vestimentas destes povos nos faz refletir sobre o que elas nos transmitem. E só de tentarmos reproduzi-las, já é possível despertar em nós o olhar de respeito e sensibilidade para a cultura e memória dessas nações.

Este olhar de respeito e sensibilidade foi o guia que conduziu a realização das peças reproduzidas neste trabalho. O objetivo dos alunos orientados pela professora Lucia Santiago foi utilizar como matéria de inspiração as peças dos vestuários dos povos andinos para criarem algo que ampliasse os sentidos de aconchego e proteção. 

Não é sem motivo que essas peças foram carinhosamente nomeadas de Abrazos andinos, e esse abraço ocorreu durante todo o processo e ainda pode ser experimentado por aqueles que vestem essas peças.

Ao final da execução dessas roupas, os alunos decidiram fazer um ensaio fotográfico do resultado, o que propiciou este primeiro número do FashionZine que ficamos muito contentes em publicar.” 
 

Thalita Alvarenga
 

Capa e contracapa

Pode ser adquirido através de boleto ou depósito bancário, com postagem  gratuita para o Brasil. Para mais informações: editoraatafona@gmail.com

    Atafona - Casa editorial dos novos autores
    Todos os direitos reservados